Mulheres Empreendedoras: Histórias que inspiram

Há muitas transformações pelas quais a nossa sociedade ainda precisa passar. Não obstante, se fizermos uma viagem percorrendo as últimas décadas, teremos a impressão de que, no que diz respeito à forma como o papel da mulher na sociedade é compreendido, viajamos da Idade da Pedra Lascada direto para o Século XXI, e as Mulheres Empreendedoras são um traço dessa evolução.

Empreendedorismo é, acima de tudo, iniciativa.

Se viajarmos apenas cinquenta anos no tempo, veremos que iniciativa era um atributo que “cabia” somente aos homens.

Onde, em grande maioria, à mulher, nada mais que o papel de coadjuvante na sociedade. O homem orgulhava-se de ser engenheiro, médico, empresário… A mulher devia se orgulhar de ser boa mãe e esposa…

Felizmente, esses tempos mudaram. E hoje, mulher é exatamente àquilo que quiser! (ainda há tanto a se fazer, mas, estamos no caminho certo).

Aliás, falando em ser o que se quer ser, vamos à quintessência do empreendedorismo, que é a paixão. Afinal, empreendedoras de sucesso são aquelas que transformam paixão em negócios.

kim walachai produtora de conteudo

Papel de Destaque no Mercado Empreendedor

Em suma, nós mulheres estamos cada vez mais empreendedoras. Tanto que, de acordo com o Global Entrepreneurship Monitor (GEM) 2016, só aqui no Brasil, cerca de 51,5% das pessoas que abrem um novo negócio, são mulheres!

Contudo, ainda somos minoria no que se refere à “empreendimentos consolidados”, visto que, os homens abocanham 57,3% dessa soma.

Mas, boa parte de nós está à frente de micro e pequenas empresas. Tanto que, segundo o Serasa Experian, mais de 98% dos cadastros, são femininos.

Infelizmente, ainda rola muita discriminação e apenas 0,2% das empreendedoras brasileiras são sócias de grandes empresas e multinacionais.

Mulheres Empreendedoras: 3 Histórias que inspiram

Mas, para te mostrar que vale muito à pena se dedicar a abertura do seu próprio negócio, selecionei 3 histórias inspiradoras. Confira:

#1 – Transformando Paixão em Dinheiro

Quer um exemplo de que a paixão é a quintessência do sucesso de um empreendimento?

Pois, temos o caso da designer Ana Paula Dias, que decidiu ganhar a vida fazendo o que mais adora!

Desde pequena, Ana Paula descobriu seu talento para o artesanato. Aos 27 anos, já era dona de um negócio que incluía uma loja online e um ponto físico, com faturamento superior a R$ 5 mil.

“Eu quero continuar fazendo o que amo, porque isso não é trabalho para mim, é prazer. Eu vou dormir feliz todo dia. Mesmo que eu tenha que dormir tarde, eu sempre estou feliz”, falou Ana Paula ao site “Azulis – Vida de Dono”, em Junho de 2019.

Não há dúvida alguma de que, Ana Paula ainda vai prosperar muito, pois trabalhar feliz e com paixão faz com que coloquemos nossa energia em cada coisa que fazemos.

#2 – Seria a maior vendedora do Brasil?

Maria Luiza Trajano se intitula “vendedora”. Começou a trabalhar no varejo aos 12 anos para ter dinheiro para comprar presentes para as pessoas de quem gostava.

Maria Luiza é uma das principais responsáveis por transformar uma loja fundada por sua família, num dos maiores e mais bem sucedidos complexos varejistas do país.

Você já deve ter percebido que estamos falando do Magazine Luiza, não é?

Nesse sentido, fica claro que Maria Luiza seguiu sua vocação, transformando sua paixão em combustível. E hoje inspira aspirantes a empreendedoras de todo país.

#3 – Iniciativa e talento

Você se lembra de que nós falamos em iniciativa?

Sempre pregamos o planejamento como fator de sucesso de um negócio. Nem sempre, no entanto, numa receita de sucesso, o planejamento vem antes da iniciativa.

Maria José de Lima Freitas, a Mazé, depois de um ano desempregada, decidiu explorar seu talento de doceira para tentar sustentar os dois filhos. Bastou unir talento e iniciativa para construir as bases de um negócio milionário.

Com 25 funcionários, a Mazé Doces tem faturamento anual de R$ 1 milhão. Portanto, o começo de tudo pode ser simplesmente colocar a mão na massa.

Qual a Importância das Mulheres Empreendedoras?

Por fim, qual a importância de termos Mulheres Empreendedoras no mundo?

A saber que, mulheres são visionárias e corajosas, e a partir dessa junção, conseguem inovar em diferentes segmentos. E por isso, são fundamentais no mundo dos negócios!

Além disso, essa crescente atuação, serve para empoderar outras mulheres, garantindo que o mundo fique mais igualitário e com diferentes oportunidades de liderança!

E você, já é uma mulher empreendedora ou sonha ser?

Deixe seu comentário e aproveite para compartilhar essas histórias com as mulheres que te inspiram!

Autor: Kim Walachai

Redatora e Produtora de Conteúdo. Especialista em Gerar Tráfego Orgânico Para Blogs, Sites e Redes Sociais. Fundadora da KW Conteúdo e Autora do Livro "Elas por Ela".

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s